domingo, 30 de março de 2008

John

Conheci John que gostava de Pedro e hoje ama Williann. Fabrica pães e possui brilho no olhar, nos gestos, na alma.
John constroe e dá vida brilhantemente à muitos Joãos, Marias, e Joaquins.
Vi ele cantar e dançar nos palcos improvisados desta viva.

sábado, 29 de março de 2008

Borboletas

"Borboletas podem voar em qualquer lugar, inclusive dentro de sua casa."
Minha sala encheu-se delas nesta noite, quando Joaquim (John Robert) e Inácia (Alba Borges) voltaram à vida, durante o ensaio da peça Relações Naturais de Qorpo Santo, que será apresentada na Usina do Gasômetro neste domingo as 16:00h.
Pode-se superar qualquer dificuldade quando se convive com a arte.

segunda-feira, 24 de março de 2008

Domingo de Páscoa

Hoje é domingo de páscoa e acordei melancólico, uma grande tristeza se abateu sobre mim, sem que eu soubesse o motivo. Chorei dolorosamente a manhã toda, até ficar de olhos inchados. Consternado em minha cama. Assisti antes o filme, A Outra, de Wood Alen, que comprei um dia antes na vídeo- locadora. Talvez ele tenha me motivado a ficar desta forma, fragilizado, perturbado, perdido.
Talvez não!
Fiquei depois pensando como o personagem no final do filme:
A lembrança é uma coisa que temos ou perdemos?

quarta-feira, 19 de março de 2008

Nada sei....

Acontece que no momento não tenho respostas objetivas para nada.
Tenho duvidas sobre tudo o que me cerca a não ser o desejo de fazer das minhas relações pessoais momentos de alegria, de prazer e respeito.

sábado, 15 de março de 2008

Balancete

Hoje pela manhã quando acordei, decidi fechar minhas janelas.
Desliguei o celular e todos os outro meios de comunicação.
Quis ficar em minha própria companhia.
Quis organizar minhas gavetas internas sem interrupções.
Tranqüilo, na paz.
Percebi que tenho muita coisa ainda para arrumar.
Com certeza precisarei de outros momentos como o de hoje!

sexta-feira, 14 de março de 2008

Depois da festa

Musica e muita gente no aniversário do João. Depois, voltei para casa, debrucei-me no para-peito da janela e fiquei admirando a noite estrelada. Existe festa melhor do que esta?

terça-feira, 11 de março de 2008

Com cara de inverno

Hoje o dia amanheceu com cara de inverno.
Manhã sem sol e leve garoa paulistana em Poa.
Ar frio entrando pelas frestas da janela de meu quarto.
Camiseta de manga longa na gaveta, preguiça de pegar.
Cheiro de café
novo passado em coador de pano e bolinho assado na chapa quente.

sexta-feira, 7 de março de 2008

Reação

Viver tem um gosto de reação, de reinvenção e mudança.
Por isto que reajo as fragmentações da minha vida, me reinvento diariamente e mudo de idéia a cada instante.

quarta-feira, 5 de março de 2008

Não permitir-se é algo como:
Proibir-se. Fechar-se.
Indisponibilizar seu contato mais íntimo com a vida.
Negar reconhecer-se.
Privar-se de crescer, de dar as mãos a si mesmo e aos outros.


domingo, 2 de março de 2008

Da minha janela ouço carros correrem sobre a longa Avenida Ipiranga.
As praças por aqui estão escuras e vazias.
Hoje é uma noite sem lua,
sem estrelas,
sem vento, abafada. Sem o sorriso das outras noites.
Talvez por que choveu.
Talvez por que alguma coisa esteja mudando.
Talvez por que é domingo e amanhã será segunda.

sei la!




sábado, 1 de março de 2008

Quando acordei, tinha um cara de 16 anos deitado na minha cama. Meu filho.
Ontem saímos a noite para deliciar-mos uma pizza e uma pequena rodada de cerveja. Rolou o bate papo entre velhos amigos. Falamos de paixão, da complexidade das mulheres, de amigos e sonhos bobos que sabemos, talvez nunca se realizem, mas que vale a pena sonhar.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...