domingo, 25 de agosto de 2013

Uma janela para o mundo.

Vou andar lentamente para que meus passos não sejam ouvidos, ainda em silencio, tentarei desligar a luz, abrir a porta sem ser percebido e então seguir meu rumo. Estou cheio de fantasias?.. Não, estou é com necessidades vitais, geradas por desconfortos atuais. Alguma coisa em mim ainda precisa ser desdobrada e depois anistiada. Existem janelas que não são apenas uma simples abertura para um  mundo lá fora com suas energias significativas, mas o reflexo transformador que existe dentro de cada um de nós. Em franca e urgente destas descoberta?

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

O mundo está mais gay.


Em alguma postagem por aqui, eu devo ter dito que este blog estava ficando cada vez mais gay e não é a toa, por que esta afirmação tem um fundo de verdade, por que não é só o blog, mas o mundo está ficando a cada dia mais gay. Não há um dia ou semana, que não se tenha noticia de que alguém famoso saiu do armário assumindo a sua sexualidade. Será que ser gay está na moda?
Eu prefiro acreditar em outra razão, na vontade que as pessoas tem de serem verdadeiras, que é a unica maneira de ser feliz. E a notícia de que o gatíssimo Wentworth Miller recusou formalmente um convite para participar do Festival Internacional de Cinema de São Petersburgo, na Rússia, foi por demais importante. Numa carta aberta ele diz:


"Como gay, tenho que recusar o convite. Sinto profundo desgosto pela forma como os homens e mulheres gays são tratados pelo governo russo. Esta situação não pode ser aceita de forma alguma, e eu não posso, em sã consciência, participar de um evento patrocinado por um país onde o direito básico de viver e amar livremente é sistematicamente negado a pessoas como eu".

Xô preconceito!

Eu não suporto mais entrar em algumas paginas na Internet e dar de olho em fotos e reportagens sobre o famigerado beijo (selinho) entre o jogador Emerson Sheik do Corinthians e seu amigo, publicado no aplicativo Instagram, em comemoração a vitória (1 X 0) do Corinthians sobre o Coritiba pelo Campeonato Brasileiro e que vem causando tanta polemica nas redes sociais no país. 
Será que esta historia de beijo envolvendo jogadores de futebol em pleno século de lutas por direitos a liberdade ainda é um fato novo? Quer dizer: Emerson Sheik foi  o precursor desta façanha que arranha a moral desta gente? Meu Deus, a Internet está cheia de fotos com beijos entre  jogadores, que diga-se de passagem, bem mais comprometedores do que um simples selinho. Eu acho que esta cambada de torcedores preconceituosos deveriam ser mandados para a Russia, que é atualmente onde deveriam viver.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Já peguei o barco.

Gestos de delicadeza me encantam, palavras doces e gentis, a sensação da presença constante que aquece, o olhar, a atenção. Não gosto das impossibilidades, das dificuldades, que geram duvidas e incertezas. Então fica facilzinho, facilzinho deixar tudo pra lá e se perder entre os pequenos pontos da reticencia. Sabe aquele barco que desceu rio abaixo? já tomei e estou indo noutra direção, não me importo se ele encalhar em alguma praia distante "Porque eu gosto é de rosas e rosas e rosas. Acompanhadas de um bilhete. Me deixam nervosa..."

Companheiros.

Meu colega diz que a mídia é enjoativamente repetitiva em determinados assuntos; Que quando começa a falar de um determinado fato não para  mais, até o espectador se cansar, mas eu entendo que é desta forma que ela funciona, vinculando uma informação repetidamente para que esse fato se torne de conhecimento publico, circule e seja discutido entre as pessoas, já que a informação é como um vírus da gripe, nasce, desenvolve e morre num período hábil. 
A bola da vez deixou de ser a adaptação de Neymar no Barcelona, para dar lugar a detenção de David Miranda no aeroporto de Heathrow em Londres e que virou noticia por todos os cantos do pais. Discutir direitos humanos e a intromissão do estado na vida das pessoas não é nenhuma novidade, embora deva ser discutida sempre que necessário. 
Mas o que mais me chamou a atenção nesta noticia que se repete a semanas, não foram as garras do imperialismo britânico sobre a figuraça David Miranda, namorado do jornalista Glenn Greenwald, que ajudou a vazar segredos de espionagem dos Estados Unidos, promovidos pela agência de segurança americana, com base em documentos fornecidos pelo ex-técnico da CIA Edward Snowden, mas a palavra "COMPANHEIROs", que atualmente possui um outro significado e que foi mencionada tantas vezes na mídia. Isto é um grande avanço.

domingo, 18 de agosto de 2013

Gesto de coragem.

Manifestações contra a homofobia surgem por todos os cantos do planeta e é por isto que eu acredito que o mundo está dando um grande passo para mudanças significativas. Da mesma forma que Anton Krasovsky, 37 anos, apresentador russo, saiu do armário durante seu programa de TV, fazendo-o perder o emprego na mesma noite, as atletas russas que ganharam ontem a medalha de ouro no 4x400 no Mundial de Atletismo de Moscou, beijaram-se na premiação das vencedoras em protesto contra a lei anti-LGBTs da Rússia. Elas possivelmente serão investigadas, castigadas e até pressas, mas ficarão também na historia por seus gestos de coragem por uma causa nobre.

sábado, 17 de agosto de 2013

Manifestações contra o Czar homofóbico.

A atual política instituída pelo Czar homofóbico "Putin.. ho" da Russia, que proíbe qualquer manifestação publica ou propaganda em favor da questão da homossexualidade, vem se espalhando pelo mundo de forma vexatória, fazendo com que vários países cogitem boicotar os Jogos de Inverno de Sochi, no próximo ano. Os EUA e o Reino Unido, mesmo manifestando indignação pela legislação discriminatória do Kremlin, se declararam contra o boicote. Já o encarregado de direitos humanos do Partido Liberal Democrático da Alemanha, Markus Löning, classificou como "insustentável" a situação de lésbicas e gays russos, sendo discriminados e torturados. Em entrevista publicada pelo jornal Welt am Sonntag neste domingo (11/08), ele pediu aos estados alemães que atendam "de forma descomplicada aos homossexuais da Rússia que procurem asilo no país". A FIFA também cobrou das autoridades russas, em seu site oficial, esclarecimentos e mais detalhes sobre a lei anti-gay aprovada no país, que será sede da Copa do Mundo de 2018. 
Apesar de algumas pressões politicas vindas dos países da Europa, as manifestações individuais contra a homofobia, são as que me causam mais emoção, como a do atleta norte americano Nick Symmonds de 29 anos que dedicou sua medalha de prata, segundo lugar nos 800 metros do campeonato mundial de atletismo, aos amigos gays e lésbicas dos EUA. O que ainda é mais bacana, é que Nick é heterossexual.

Gente de coragem.

Tem um momento na vida que somos obrigados a encher os pulmões de ar e assumir aquilo em que acreditamos, muitas vezes à duras penas, ainda mais quando nossas verdades vão contra o fluxo da moralidade instituída sufocando nossa essência. Sou daqueles que acredita num mundo melhor, mesclado evidentemente a coisas piores, mas sinto, como sei que vocês também sentem, que o mundo está mudando e esta revolução, é uma revolução interna explodindo em cada cidadão, que já percebeu que o hipocrisia deste mundo é um artificio que não funciona mais levando as pessoas de coragem a tomarem uma posição em prol de suas verdades como foi com o apresentador russo Anton Krasovsky, 37 anos, demitido depois de revelar ser gay ao vivo no canal KontrTV. 
"Eu sou gay, e sou uma pessoa como você, minha querida audiência, como o presidente Putin, como o primeiro-ministro Medvedev e como os deputados da nossa Duma", disse Krasovsky que era editor chefe da emissora. Em entrevista à CNN, ele afirmou ter sido demitido na mesma noite em que fez a declaração.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Sem pressa de julgar.

Depois da desfeita que tornou tudo reticente, daquela atitude que eu acho que não se deve fazer com ninguém, te vi por traz do balcão simulando estar tudo bem, mas será que realmente está?.. Eu  tenho pressa pra muitas coisas, menos para te julgar, também não arrasto magoas, a vida nos mostra outros caminhos que às vezes nos levam para o mesmo lugar. O teu silencio tem motivos diferentes do meu.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Nem tudo é de nossa decisão.

Por vezes parece estar tudo perdido, acabado, finalizado e então temos que reiniciar, mesmo não estando preparado para uma nova situação e então você percebe que nada acabou, através de uma mensagem, um recado surpreendente ou eu chamaria de duvidoso?.. Eu não sei!...
Sabe no fundo, no fundo, o que eu acho?.. Acho que o sofrimento às vezes é prematuro. Sofremos antecipadamente, por que tiramos conclusões precipitadas em prol de nossa defesa emocional. Na verdade não é nada disto, a vida mantem um ciclo de decisões que se cumprem, além da nossa compreensão humana, deve ser isto, não somos donos do nosso próprio destino...

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Agora eu sei.

Aquela gargalhada no telefone, que eu achei que fosse por graça, era na verdade por pura tensão, medo e consequentemente covardia. A gente nunca está preparado para entender de fato o que realmente impulsionam as pessoas a uma determinada reação. Agora eu sei, ou pelo menos desconfio.

domingo, 11 de agosto de 2013

Virando a pagina.

Você conhece o cara ocasionalmente num ambiente em comum, dias depois ele pede teu endereço no Facebook e você gentilmente concede. Pronto, vocês são pelo menos conhecidos neste dois ambientes comuns. Começam a conversar ocasionalmente, o que me parece normal entre pessoas que estão se conhecendo. Num outro dia marcam um passeio para se divertirem e logo ele fica doente. Você tenta ser prestativo, se põe a disposição para qualquer ajuda, já que a vida é cheia de imprevistos, mas a coisa toda vai perdendo a força, morrendo na praia, por que você percebe que sua atitude não foi valorizada como esperava e está sendo vista com outros olhos e então começa a pensar em virar a pagina. Semanas depois, quando menos você espera, uma nova mensagem no celular do tipo: "Que tempo legal, chuva e frio. Se não tivesse com preguiça ia no mercado comprar um vinho, estou de folga hoje e de plantão amanhã dia dos pais que merda..."  e então você mais uma vez se disponibiliza, sugere uma saída para comer uma pizza, diz que pode pega-lo em casa e o cara se silencia do outro lado como se estivesse avaliando a proposta e depois diz que vai te ligar e não liga. Daí eu fico pensando, o que de fato acontece com as pessoas, o que as fazem abrirem meia porta, meia janela e depois recuarem como se estivessem com medo de pisar em terreno minado. Talvez já esteja na hora de realmente virar a pagina deste livro.

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Manifestação gay na Bélgica

As manifestações em favor da liberdade homo afetiva explodem por todos os cantos do mundo, como um grande terreno minado de forma a conscientizar que os tempos são outros, que não existe mais lugar para hipocrisia; por estra razão, mais de 300 pessoas participaram nesta sexta-feira de um 'beijaço' em frente ao consulado da Rússia na Antuérpia no norte da Bélgica para denunciar uma lei que pune a 'publicidade homossexual' durante as Olimpíadas de Inverno. 
Em Maio, quando estive na Bélgica, conheci Antuérpia, que a primeira vista me pareceu meio sem graça, com inúmeras construções, parecendo um grande canteiro de obras, mas quem vê cara, não vê coração. A cidade é a segunda maior da Bélgica, conhecida como centro mundial de lapidação de diamantes e capital da moda na Bélgica.
O presidente russo, Vladimir Putin, promulgou em junho uma controversa lei que pune qualquer tipo de 'propaganda' homossexual que possa ser vista por menores de idade. Nos termos dessa lei, os estrangeiros correm o risco de serem multados em até 2.300 euros e poderão ser presos por 15 dias e expulsos. Os cidadãos russos estão sujeitos a outras penas.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Silenciando o silencio.

O dia me pareceu completamente diferente, dando-me a sensação de que o movimento da terra estava mais lento que o normal. Isto poderia ser possível? Fiquei silencioso mais do que o habitual, enquanto rodávamos pela cidade e minusculas folhas batiam no para-brisas como jamais tínhamos visto antes. Por longas minutos fiquei em silencio, depois coloquei os fones nos ouvidos e passei a escutar musicas. Acho que de alguma forma queria silenciar o silencio. A musica dava mais vida a tudo, mas o silencio ainda estava ali e me fazia sentir o quanto somos confortavelmente sós...

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Andrés Gioeni.

Por que que a gente tem sempre esta sensação de que nossos problemas, frustrações, incertezas, medos são únicos no mundo e que outras pessoas nunca passaram por uma situação semelhante a nossa, ou se passaram seus sentimentos não possuem a mesma profundidade, intensidade de dor que sentimos e que nos deixam marcados pela vida. Eu li na Folha de São Paulo, o depoimento de Andrés Gioeni, 41 anos, um ex padre que assumiu sua homossexualidade e escreveu uma carta a o Papa Francisco.
Em seu depoimento para uma jornalista argentina, ele conta a sua historia de vida, com as mesmas incertezas e culpas que fazem parte da história de quase todos os gays que um dia descobre que sua orientação sexual é diferente do convencional. A reportagem completa você pode ler AQUI.

Coisas que mexem comigo.

Vinho tinto seco, chocolate amargo, lampião a querosene, Outubro, o vestido de Marilyn se erguendo como um paraquedas na ventilação do metro, vento sacudindo os galhos das arvores, aquele olhar que você não consegue definir se é curiosidade ou interesse, a musica certa no momento certo, com a pessoa certa e que toca inesperadamente. Uma lagrima solitária na hora do orgasmo, algumas notas soltas nas cordas de um violoncelo,  Um bom lugar que inspire poesia.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Noticia comum.

"A medalhista olímpica de vôlei de praia Larissa França, que fez dupla de sucesso com Juliana e foi hexacampeã mundial da modalidade, casou-se na noite do último sábado com Lili Maestrini, que segue jogando no circuito ao lado de Bárbara Seixas. A cerimônia aconteceu em Fortaleza, capital do Ceará".
Noticias como esta, que antes parecia bombástica, está se tornando cada vez mais comum, mas tão comum entre as pessoas e rodas sociais, que já não surpreende mais ninguém. 
A sociedade está dando um salto nos seus conceitos de valores morais, embora alguns ainda resistem a esta mudança que se faz necessário para um mundo melhor. Eu costumo dizer que estamos vivendo numa sociedade que aos poucos vai se tornando flexível aos direitos de liberdade. Uma sociedade que não faz diferença do que cada um carrega entre as pernas e de que forma usa. No mundo dos esportes, outros atletas já assumiram publicamente a homossexualidade. Casos mais recentes são o do jogador de basquete Jason Collins, do Boston Celtics, e o do jogador de futebol Robbie Rogers, as tenistas americanas Martina Navratilova, Billie Jean King e o brasileiro Michael, do Vôlei Futuro.

Mas isto é pra mim?

Se existe uma coisa que me deixa pê da vida é sentir que vou perder uma oportunidade unica, por falta de atitude, porque não terei mais chance de te-la, de se apresentar novamente diante de mim por que fiquei de braços cruzados vendo-a passar, se esvair e não tomei nenhuma iniciativa pequenina que fosse para obtê-la. Mas é que as vezes não tem como encaixa-la na nossa vida, você olha para um lado e depois para o outro e encontra pequenos empecilhos que te faz recuar. 
É também tem coisas tão surpreendentes, que você olha e pensa não ser merecedor;  tipo, isto não pode ser pra mim, não pode e acaba deixando passar por falta de um dedinho de segurança, de impetuosidade. Fica com medo de parecer (....) Uma hora eu lembro desta palavra! Cruza os braços e deixa passar!

sábado, 3 de agosto de 2013

O Papa é pop.

Sabe de uma coisa, eu sou um cara desconfiado mesmo e até mal educado em determinadas situações que me destemperam, e a vinda do Papa ao Brasil e seus discursos liberais para os moldes conhecidos da igreja, de forma alguma me convenceram de que se trata de um homem santo, humilde e libertador definindo novas medidas liberais como muita gente quer convencer. Na verdade a igreja está perdendo pontos a décadas e já está mais do que na hora de parecer flexível as mudanças e voltas que o mundo dá e isto significa desempenho de uma nova estratégia politica por parte dela. As palavras do papa Francisco sobre a homossexualidade, não serão acompanhadas de uma mudança na política da Igreja, mas a mudança de tom, isto sim, já  é algo significativo', Portanto, muita luta ainda se estende campo a fora.

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

A forçada saída de Félix do armario.


No capitulo da novela Amor a Vida desta quinta feira, foi uma verdadeira explosão nos conceitos da instituição familiar, quando Edith, (Barba Paz) revela a toda a família reunida na hora do jantar que seu marido Felix, (Mateus Solano) é gay e vive uma vida dupla. Mas o mais emocionante de tudo, não foi somente a revelação em si e as discussões explosivas entre o casal que se engalfinhavam feito bichos na presença de todos, mas a excelente interpretação de Mateus Solano, mostrando toda a complexidade e culpa de seu personagem diante de uma condição que a maioria dos gays sentem antes de se aceitarem e saírem do armário principalmente a o serem descobertos ou desmascarados como foi no caso do personagem. Aquele pedido de perdão a sua mãe por ser gay em função do medo de ser rejeitado, talvez tenha sido na cena de quinta-feira, um dos mais impactantes sentimentos que arrastam os homossexuais a manterem uma vida clandestina, infeliz e marginalizada em consequência da própria não aceitação de sua orientação sexual, do qual não foi sua escolha. Eu acredito que em alguns momentos foi até possível sentir muita pena do vilão. Graças a Deus que os tempos estão mudando para melhor.


quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Deixe-me ir preciso andar.

Já estou novamente com vontade de ir: ( Deixe-me ir/Preciso andar/Vou por aí a procurar/Rir pra não chorar. Quero assistir ao sol nascer/Ver as águas dos rios correr/Ouvir os pássaros cantar/Eu quero nascer, quero viver...)
Viajar tem sido nestes últimos anos o remédio eficaz contra minhas insatisfações, colocar o essencial na bagagem e ir apenas com o essencial na cabeça. Viajar pra mim já cruzou as fronteiras da satisfação em direção ao terreno das necessidades vitais.

Você também pode gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...